Posts

Desenvolvimento de Sites Curitiba - Conteúdo

Sabe como fazer para que o tempo de desenvolvimento de seu site fique otimizado e o resultado saia melhor do que o esperado? Planeje com antecedência o conteúdo do seu site. Funciona assim: quando uma empresa contrata o serviço para fazer um site, nós da Exacta temos que fazer um briefing levando em consideração os seguintes aspectos: layout (forma do site), menus, conteúdo textual e de imagens, navegabilidade etc. Então, para agilizar seu serviço e torna-lo o melhor possível (e antecipando as reuniões para definir o produto final), é importante que o cliente saiba de antemão o que deseja pôr ou não no site. Assim, otimizaremos o seu tempo e o produto ficará exatamente da forma como imagina. Nesse texto, vamos passar algumas dicas para planejamento em cada parte do desenvolvimento de seu site.

Layout

O layout é a “forma” do site, o design que será exibido quando o usuário digitar o nome da sua empresa na barra de endereços. Dependendo do tipo de site (mais informações, mais produtos etc), o layout terá mais ou menos menus e colunas, assim, o empregador tem que ter uma visão estratégica de quantos menus o site conterá. A ideia é que cada setor de especificidade da sua empresa contenha um menu. Por exemplo, se você tem uma loja de carros, os menus podem diferenciar os carros novos de seminovos, ou ainda dividir os automóveis pelas marcas que os distinguem. Dessa forma, os menus abrigam produtos específicos, facilitando também a navegabilidade do site para o seu cliente que nele entrará. A dica é desenhar o layout em uma folha de papel (ou mesmo no Paint do computador), para que seja formada uma visão conceitual do projeto.

Outra coisa muito importante é ter uma ideia de grupo de cores que serão usados no seu site. Nesse aspecto, geralmente se utiliza uma gama de tonalidades de acordo com o logotipo da empresa, e tons parecidos ou contrastantes. Ou seja, se o logotipo da sua empresa é azul e branco, e você deseja que o background (“plano de fundo”, em tradução livre) de seu site seja azul claro, o tom do texto a ser utilizado pode margear entre um amarelo, verde claro, branco e preto. Normalmente se utiliza o preto, pois é a cor de fonte mais utilizada e também a melhor lida pelas pessoas. A explicação para isso é que se a cor for muito contrastante com a cor de fundo, a fusão de tonalidades pode prejudicar a leitura do texto.

É por isso que, na maioria das vezes, utiliza-se um background branco e cores pretas, com os menus ostentando cores diferentes. Mas isso não é uma regra, pois determinados seguimentos prezam mais pelo apelo estético e conceitual do site, assim, é importante que o cliente tenha uma ideia das cores do site para trabalharmos sobre isso. Uma dica nessa parte é olhar o círculo cromático com as tonalidades e suas cores adjacentes e contrastantes, assim o cliente saberá escolher melhor suas cores.

Conteúdo textual e de imagens

A parte de conteúdo é a mais complexa em toda criação de sites, pois algumas vezes a empresa não tem o conteúdo que ela imagina para seu site ou tem material insuficiente para ser utilizado. Mas vamos falar primeiro do conteúdo textual. A empresa tem pouco conteúdo textual para o site quando ela cria menus que desconhece o conteúdo deles. Isso acontece quando a contratante faz uma projeção de um novo serviço ou produto a ser oferecido, mas acaba (por falta de tempo ou organização), não dispondo de muitas informações para fornecer no período de desenvolvimento. É importante, então, ter esse conteúdo de forma completa, acabada e revisada, sem erros de português.

Em outra ocasião, a empresa não tem o conteúdo que pensa dispor. Isso pode acontecer por dois motivos: ela está expandindo seus serviços e não tem nada pronto ainda sobre suas novas atividades; ou ela está surgindo e não tem seu leque de atividades consolidado. Nos dois casos o ideal é que a empresa trabalhe para desenvolver esse conteúdo textual, desde o mais básico (“Quem somos” ou “A Empresa” etc), até os mais específicos (serviços e atividades oferecidas). A falta desses materiais torna o site carente de informações básicas para a navegabilidade do usuário.

Quanto ao conteúdo de imagens é extremamente importante que a empresa tenha um banco de imagens (ou crie um), para que as fotos possam ser transferidas, redimensionadas e colocadas no novo site. Quanto às imagens, é preferível que elas sejam leves, sejam identificadas e não possuam imperfeições (rabiscos, mal enquadramento, datas escritas etc). O “peso” da imagem na internet é importante para acelerar o carregamento de seu site, ou seja, se seu site tem imagens muito pesadas, com muita resolução ou detalhes, o texto carregará, mas não toda a página. O resultado é que espaços em branco surgirão entre o texto ou em locais específicos, então o usuário que está acessando o site pode não gostar disso e, sem tempo, abandonar o site. Isso acontece porque a conexão mais lenta de alguns usuários dificulta o carregamento completo dele e, se a pessoa não tiver mais disponibilidade, ela acaba abandonando-o.

Munidos dessas informações prévias de layout, conteúdo textual e de imagens, o trabalho para desenvolvimento do site fica otimizado e preciso, pois terá muito mais chances de sair exatamente como o cliente imaginou. A outra grande característica é acelerar o próprio andamento do site, pois, com todo o material à disposição, fica mais rápido fazer as provas para que o cliente aprove o projeto.

 

Navegadores e Sites

O navegador de internet do seu computador afeta primariamente a forma como o seu site é visualizado. A afirmação pode parecer estranha, pois, à primeira vista, todos os navegadores mais utilizados, Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome, Safari, parecem iguais, mas só parecem. O que torna a afirmação verídica é o fato de que os navegadores trabalham com renderização diferente de fontes, espaços, imagens e margens. Assim, cada navegador “lê” o código de um site e “traduz” de uma forma diferente e, quando a “tradução” não fica de acordo com o código do site, ele é mal exibido para o usuário. O problema fica um pouco maior quando consideramos o avanço do HTML 5, uma linguagem de programação relativamente  nova para construir sites, que incorpora mais elementos visuais e de textura ao site. Nesse texto vamos explicar como manter o seu navegador preparado para exibir corretamente o conteúdo do seu endereço eletrônico.

 

Mozilla Firefox

O Mozilla Firefox (ou somente Firefox), foi o primeiro grande concorrente do Internet Explorer, mas que continha uma grande diferença: o Firefox é um navegador de código aberto. Ou seja, o Firefox foi desenvolvido por centenas de colaboradores que queriam criar um navegador que utilizasse pouca memória do computador e que fosse rápido e eficaz. Assim, em 2004 surgiu a primeira versão do Firefox. A primeira vista, o navegador era considerado feito para programadores, pois eles conseguiam resolver quaisquer erros de exibição que houvessem e ainda adicionar funções que precisassem. Isso acontecia porque a maioria dos sites ainda não era bem executada no Firefox.

Mas esse entendimento modificou-se. Atualmente o Firefox consolidou-se como um navegador rápido e leve que recebe constantemente atualizações para incorporar novas linguagens de programações sites. Entretanto, as mesmas precauções para com o Internet Explorer devem ser tomadas: é indicado que o usuário tenha a versão mais recente (Firefox atualmente na versão 35), não utilize muitas barras de navegação (aquelas barras que ficam abaixo do endereço HTML do navegador), pois elas podem deixar a ferramenta lenta, atualize sua versão de Flashplayer ou Java (para exibição de vídeos ou animações).

Google Chrome

O Google Chrome foi uma ferramenta desenvolvida pela gigante Google com o intuito de agregar os outros serviços oferecidos ao usuário. Assim, a pessoa pode utilizar o Chrome, com atalho para o Gmail, entrar no Google Maps etc, tudo a partir do mesmo navegador. O navegador foi posto no mercado em 2008 e, pouco a pouco, foi ganhando um espaço sólido como uma alternativa ao Internet Explorer e o Firefox. Atualmente é o navegador mais utilizado pelos usuários da internet. Em termos de funcionalidade, o Chrome integrava as versões mais recentes de tecnologia para criar sites, não apresentava os travamentos do Explorer e era bem recebido por quem utilizada o Firefox. Assim, constantemente ele também sofre atualizações que deixam seu motor de renderização mais rápido para executar sites (atualmente na versão 40).

Safari

O Safari é um navegador desenvolvido pela Apple que funciona como navegador padrão para o sistema operacional Mac OS. Atualmente, o Safari é o quarto navegador mais utilizado no mundo com 8,39% dos usuários, o Google Chrome é o primeiro com 42,68%, seguido do Internet Explorer com 25,44% e do Mozilla Firefox com 20,01% do mercado. O Safari também tem uma versão para Windows que incorpora a mesma interface simples, típica aos produtos da Apple. Em termos de funcionalidade, em testes, tem um desempenho mais rápido que o Explorer e executas funções de Java Script mais rápido que o Firefox. O Safari está atualmente na versão 8, e é aconselhável que o usuário também mantenha-se com a versão mais recente do navegador.

As dicas principais para todos os navegadores são: ter sempre a versão mais recente, atualizar o Java Script, atualizar o Flash Player, não trabalhar com muitas barras de ferramentas de terceiros (aquelas barras que ficam abaixo do endereço HTML), e, principalmente, utilizar o cross-browse, ou seja, ter mais de um navegador na sua máquina para verificar a exibição de seu site.

Edge

O Edge é o navegador padrão que vem instalado em todos os computadores com o sistema operacional Windows desde o início de sua comercialização. Durante muito tempo, e para muitos usuários, ele foi o navegador principal utilizado e, por isso, os sites foram pensados levando em conta os códigos de exibição do Edge. Com uma linguagem forte e densa voltada para texto e poucas imagens, o navegador cumpria seu papel, entretanto, a partir da adição de outros elementos para construção de melhores sites (CSS, Flash, Java etc), alguns bugs (falhas) começaram a aparecer no navegador e passaram a afetar o desempenho dele. As seguintes falhas e resoluções, propostas pela Microsoft, são:

– O Edge não abre ou trava imediatamente após a abertura: Reinicie o computador, Instale as atualizações mais recentes, desligue e ligue o Edge;

– O Edge para, congela ou trava: Instale as atualizações mais recentes, execute a Solução de problemas de desempenho do Edge, desative a aceleração de hardware, desative complementos;

– As páginas não são exibidas corretamente ou aparecem em branco: Limpe o cache de navegação (arquivos temporários de Internet), abra a página no Modo de Exibição de Compatibilidade;

Lojas virtuaisO comércio eletrônico, ou e-commerce, beneficiou-se da popularidade da internet e da evolução dos meios de pagamento online para se tornar uma ótima opção para empresários, novos ou experientes, que procuram expandir sua oferta de clientes. Assim, o país experimenta um alto índice de empresas que abrem suas portas para o mercado online junto com um crescimento vertiginoso no número de transações efetuadas somente pela internet. Em 2014, os dados apontam que 63 milhões de consumidores fizeram ao menos uma compra pela internet, 11,6 milhões a mais do que no ano anterior, e o valor médio da transação ficou em R$ 333,40. Em 2015, a projeção é animadora e instiga muitos empresários em abrir uma loja online, mas o novo desbravador desse campo tem que estar ciente de suas qualidades e dilemas por resolver.

Qualidades do comércio digital

– Você não precisa ter uma loja física – Essa talvez seja uma característica assertiva para que pequenas e médias empresas vendam seus produtos direto na internet, pois considerando o valor de imóveis e o capital inicial de um novo empreendimento, é uma ótima estratégia vender os produtos online, manter um capital de giro e criar uma reserva destinada à compra de um local físico para expansão e melhora do negócio;

– Aberta 24h por dia, 7 dias por semana – Outra característica que  agrada quem se aventura pelas lojas virtuais é o fato de ela não fechar as portas após o horário de trabalho ou em feriados. Ou seja, não importa que horas o seu cliente encontre seu link para comprar o seu produto, ele vai conseguir efetuar a compra e conseguir sua mercadoria. Esse fator é muito importante porque considera o teor dinâmico e aleatório dos clientes e da evolução tecnológica, pois usuários acessam lojas online enquanto estão nas mais diversas ocupações ao longo do dia, tudo através de um smarthphone ou tablet. Conectividade é uma lei;

– Não requer deslocamento do cliente – Assim como a característica anterior, o fato de não exigir o deslocamento do cliente para efetuar uma compra cria um fator positivo que transfere ao usuário um bem estar na hora de efetuar uma transação online. Dessa forma estamos dizendo ao cliente que “o seu tempo é precioso”, e criando um hábito para que ele acesse e compre em qualquer horário do dia ou da noite;

– Alto potencial de crescimento e lucro – O fato de as empresas migrarem para o comércio digital segue a tendência do aumento exponencial das transações nesse setor, afinal é um bolo ao qual todos os empresários querem um pedaço. O crescimento desse setor está ligado há 3 fatores principais: o cliente se sente seguro ao comprar online; o cliente consegue comparar marcas e lojas antes de efetuar a compra e se sente mais confortável por isso; mesmo as pessoas que não confiavam nesse comércio, começaram a utiliza-lo e divulgar boas experiências comprando online, o que demonstra um novo comportamento do consumidor. Com esses clientes satisfeitos por fazerem negócios online, eles optarão por utilizar esse serviço mais vezes, pois pensarão duas vezes antes de sair de casa para efetuar uma compra. Adicione isso à evolução tecnológica de smarthphones e tablets e entenderá o porque dos especialistas estarem otimistas com o comércio online;

Dilemas para quem aposta em Lojas Online

– Formas de pagamento – A primeira preocupação para quem abre uma loja online é quais formas de pagamento disponibilizarei para o meu cliente. Boleto bancário? Cartão de Crédito? Débito? A melhor opção, é claro, é oferecer todas elas, mas, dependendo do banco e da operadora de cartão utilizada, as taxas e o tempo exigido para receber o pagamento podem frustrar as expectativas de oferecer essa variedade. Assim, é mister investigar entre as operadoras de cartões e bancos as melhores opções ao contratar esses serviços.

– Frete para envio de produto – Após escolhida a(s) forma(s) de pagamento(s) e com a ideia de produtos que serão vendidos a questão do frete passa a ser outro ponto de questionamento. Os desafios mais comuns envolvem produtos que são muito largos ou altos (pois podem facilmente amassar ou envergar), e as mercadorias pequenas e frágeis. Nos dois casos, a espessura da embalagem e o tamanho dela tem que ser levados em consideração para que o envio, e os potenciais problemas de manuseio, não façam com o que o cliente receba um produto já machucado ou com ranhuras. Uma resposta rápida englobará o sistema de entrega dos Correios, mas essa não é uma regra, afinal dependendo do tipo e da embalagem da mercadoria um serviço terceirizado pode melhorar a experiência de quem recebe o produto em casa;

– Ter ou não ter estoque? – Essa pergunta também gera certo debate porque estoque também significa que a qualquer momento uma boa promoção pode alavancar a audiência online de sua empresa. Em paralelo, quem entra na sua loja online por causa de uma promoção pode muito bem navegar entre seus produtos e comprar outro que não tinha imaginado. Por outro lado, o fato de algumas lojas virtuais não terem sede física dificulta a formação de estoque, o que pode diminuir a chance de promoções. A dica é comparar as rentabilidades para com ou sem estoque alternando meses (se possível) entre uma ou outra estratégia. Entretanto, essa dica pode não ser válida para todos os setores do comércio, por isso é essencial uma boa pesquisa de mercado para justificar a formação ou não de estoque.

– Marketing e divulgação – Como o cliente encontrará a sua loja virtual? Felizmente, para essa questão, existem serviços de publicidade paga como o Google Adwords (a Exacta oferece essa consultoria), que fazem o seu produto chegar exatamente ao cliente que você procura. Entretanto, além disso, é essencial que o seu site seja otimizado (a Exacta oferece esse serviço) e esteja na primeira página do Google para ser mais visualizado por quem procura seu produto. Em adicional, variando de produto para produto, há estratégias de divulgação com foco em blogs de consumidores satisfeitos, blogs de análise de produtos, grupos de Facebook etc. Enfim, o marketing digital faz diferença na hora do seu site ser encontrado e deve ser um pilar a ser trabalhado ao desenvolver sua loja virtual.

Junto com essas qualidades e dilemas, é essencial um bom planejamento de mercado; o empresário de lojas virtuais tem que considerar as qualidades de seu produto, os diferenciais, e conhecer os hábitos de seus clientes para posicionar muito bem o seu serviço na internet.

 Se você tem perguntas sobre o tema fale com a Exacta que prestaremos a consultoria que você necessita.

 

Antivirus

Antivirus

Desde que os computadores e a internet massificaram-se no planeta nasceram também formas maliciosas de corromper o seu computador, roubar suas senhas e criar um infortúnio na sua vida online. Entretanto, há estratégias que podem ser utilizadas para minimizar ou zerar as suas perdas – e tudo passa por uma regra fundamental: atualização. Para se manter protegido na internet é fundamental que você tenha o seu computador e seu conhecimento atualizados com as novas técnicas de segurança utilizadas. Essa é a função desse artigo.

Para proteger o seu computador, tenha em mente um sistema com quatro pilares principais: a sua máquina, o seu navegador na internet, o seu e-mail, e você, o usuário. Para cada uma delas há etapas de proteção específicas. Vamos começar.

A sua máquina

Um computador protegido deve estar sempre atualizado, então as principais dicas giram em torno de uma upgrade no seu sistema.

– Atualize a sua máquina para a versão do sistema mais nova possível. Em todo computador há a opção de atualizar o sistema, então faça isso e proteja seus arquivos;

– Tenha um antivírus eficiente. Dependendo do uso que o seu computador tenha, é recomendado passar o antivírus em toda a máquina pelo menos uma vez por semana. Então escolha uma noite e deixe o antivírus fazer o trabalho dele. E aliás, também mantenha o seu programa atualizado, pois mesmo as opções grátis de antivírus oferecem ótima proteção para a sua máquina;

– Tenha cuidado na hora de utilizar pen drives, pois há vírus que infectam essas ferramentas para depois se instalarem nos computadores rapidamente. Assim, ao colocar esses instrumentos, primeiro passe o antivírus com o pen drive acoplado e só depois utilize ele;

O navegador de internet

A forma como você acessa a Internet influencia altamente a infecção na sua máquina, afinal todos os vírus estão na rede e é principalmente através de navegadores que eles chegam até você.

– Atualmente todos os navegadores contam com ferramentas que denunciam atividades suspeitas na rede, então utilize isso como um alerta ao acessar determinados sites;

– Utilize um bloqueador de pop-up para impedir atividades suspeitas na sua navegação. Pop-ups são aquelas janelas desconfortáveis que surgem na tela quando você navega em determinados sites. Na maioria das vezes são propagandas, mas em outras eles acionam funções ocultas que podem infectar a sua máquina;

– Tenha cuidado com sites de bancos. Ao utilizar seu navegador para entrar no site do seu banco, saiba corretamente o endereço e verifique se há um cadeado no canto esquerdo inferior (ou superior, dependendo do navegador) da tela. Esse cadeado dá a certeza que o site é autêntico, pois é comum clonarem-se sites de bancos e o usuário acaba colocando seus dados em sites falsos sem perceber;

– Evite ver vídeos em sites desconhecidos. Sites que oferecem conteúdo de vídeo gratuitos (principalmente para filmes e séries), podem espalhar malware através do streaming onde o vídeo está hospedado. Assim, você pensa que está aguardando uns minutos para o vídeo carregar, mas na verdade está ganhando um grande problema;

– Não armazene senhas no seu navegador. Embora muitos navegadores deem a opção de gravar automaticamente suas senhas, não forneça. Dados armazenados em navegadores podem ser alvos de ataques de vírus que copiam esses códigos e repassam para quem os criou;

O e-mail

O seu e-mail é a segunda forma (em alguns casos é a principal) que o seu computador recebe dados da internet. Assim, é primordial ter cuidado com anexos desconhecidos e links para endereços externos que transmitem incerteza.

– Não abra anexos de emails a menos que você os esteja esperando. Os anexos de e-mail são a forma mais utilizada pelos hackers de tentar infiltrar malwares na sua máquina. Assim, desconfie dos anexos que chegam de destinatários desconhecidos e não abra os links para endereços externos se eles não forem seguros;

– Tenha cuidado com e-mails de bancos, Receita Federal e órgãos públicos, pois geralmente eles não enviam e-mails para os usuários. É comum o usuário se surpreender com esses e-mails e clicar para ter mais informações, então, na dúvida, contate seu banco ou órgão público antes de abrir esse material.

O usuário

– Mantenha-se sempre atualizado contra as novas formas de infecção;

– Ao utilizar computadores públicos ou lan houses tenha cuidado ao fornecer senhas e limpe seu histórico de navegação;

– Tenha sempre um bom antivírus instalado no computador e utilize-o periodicamente;

– E principalmente: utilize a prudência ao acessar sites duvidosos ou determinados conteúdos que parecem fáceis de conseguir. Não faça o download de programas duvidosos e sempre passe o antivírus mesmo nos anexos de seu e-mail.

Com essas dicas o usuário de computadores pode se proteger ao acessar a internet e impedir que seus dados pessoais sejam roubados por hackers. Redobre os cuidados se você possui em seu computador dados de contas bancárias, logins e senhas para sites, ou qualquer termos de acessos para conteúdo privado. É máster utilizar a prudência ao navegar na internet e mantenha-se sempre atualizado para que o mundo virtual não ameace o bem estar do seu mundo real.

Digite no Google criação de sites curitiba, ou desenvolvimento de sites curitiba, ou até mesmo otimização de sites curitiba e construção de sites curitiba. Estas são as principais expressões digitadas por quem busca criar um site na capital. Você vai encontrar a Exacta na primeira página em todas essas expressões.

Uma semana após eu ter colocado o post aqui no blog falando sobre “Otimização coloca Exacta Web na segunda página do Google em pouco tempo” a Exacta Websites salta para a primeira página dos mecanismos de pesquisas.

Pesquisa mostra Exacta na primeira página do Google

A meta agora é crescer mais e estabelecer nossos links no topo da primeira página. Pelo que tudo indica, não deve demorar.

Se colocamos nosso website entre os primeiros, em um dos mercados mais concorridos na internet, que é a de construção de sites, imagine o que podemos fazer pela sua empresa ou seu blog pessoal.

Otimização de sites é Exacta Web.

Antes mesmo de registrar o domínio é necessário definir o conteúdo do site e o público que quer atingir. Assim o domínio poderá ser registrado de acordo com os motivos do projeto e desenhá-lo a partir do público-alvo desejado.

Público-alvo em criação de sites Curitiba

Entenda seu público. Faça pesquisas para tomar informações importantes e idealizar o site de acordo: idades, níveis sociais, gêneros, etc..

A definição de conteúdo na criação do site também ajudará o webdesigner a criar o formato ideal para o seu projeto. Saiba o que realmente interessa ser visto pelos seus clientes e colaboradores. Separe conteúdos por relevância antes de enviar ao editor. Defina os links do site, os links de parcerias, textos institucionais, dados de contato (endereços, telefones, e-mails).

Imagens e textos que sua empresa já tem publicado em outros tipos de mídia sempre ajudam.

O desenvolvedor fica perdido por não ter suporte na definição do conteúdo e público que deve mirar. Então, saibamos que a interação do cliente é importantíssima na criação de um site. Muitas vezes o cliente chega até a agência e acha que o profissional tem que adivinhar o que ele quer; não é bem assim, temos técnicas, mas precisamos do envolvimento de todos os envolvidos no projeto.

Dica: Junte todo o material que tem em imagens e textos, envie para o gerente do projeto.

🙂

Logotipo Exacta

Reestruturamos toda a identidade visual da Exacta.
Desde cartões de visita, pastas, adesivos até chegar ao novíssimo desenho deste site que você está visitando agora.
Mudamos também o relacionamento com nossos amigos e clientes. Construímos um site em plataforma WordPress, inserimos plugins de conexão com redes sociais e sistemas de análises de resultados.

Esperamos que gostem do novo visual do site. Ainda tem alguns detalhes para ajeitar, mas tá valendo desde já.

🙂